Torre de TV de Brasília

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png O elevador não funciona! Cquote2.png
Segurança
Cquote1.png Como vou lá pra cima? Cquote2.png
Turista sobre a afirmação do "segurança"
Cquote1.png Então, qual sua utilidade hoje em dia? Cquote2.png
Você sobre Torre de TV analógica de Brasília

Imagem da Torre eiffel aleijada.


A Torre de TV Analógica é (mais) um monumento construído em 1967 e que hoje em dia se encontra sem serventia alguma no coração de Brasília. A torre, que é nada mais que uma antena de transmissão, foi um empreendimento idealizado pelo Lúcio Costa e que não passa de uma réplica da Torre Eiffel, que teve de ser concluída de qualquer forma, devido a escassez de aço no Brasil naquela época[1]. Por isso é um prédio perneta, pois tem só três pernas enquanto a original em Paris tem quatro.

Até alguns anos atrás, a torre era conhecida por seus inúmeros barracos e camelôs que existiam em sua volta, onde dava pra comprar alguns produtos estranhos dos jamaicanos que lá ficavam[2][3]. Com a Copa do Mundo o Brasil tentou fingir ser algo que nunca foi e por isso resolveu empurrar esses comerciantes exóticos pra atrás da torre.

A torre tem em seu andar superior, um museu que poucos visitam, onde dá pra ter uma visão do eixo monumental da capital da corrupção. Poucos visitam essa parte, primeiro porque o elevador nunca funciona, e não possui escadas para visitantes, e depois porque a maioria dos visitantes e turistas da torre querem ver se conseguem sentar no mirante, ou a parte mais alta da estrutura de concreto e aço.


  1. Naquela época, a CSN era uma estatal, portanto, não produzia nada. Todo aço brasileiro era importado na época.
  2. Esta imagem remete bem ao que era a feira na época. Hoje, com o advento do politicamente correto eles foram parar lá no cú do Judas, como pode ser visto na primeira imagem desta página.
  3. Outras imagens da feira podem ser vistas aqui. Há vários relatos que o point da ilha de Brás era a feira.