Tuplão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Zorak.jpg Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!

Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.

Tuplão é um napleta do Sistema Polar. Mas não é "um", é "o" napleta, porque sem ele, os outros nem existiriam. É gigantesco e extremamente quente, e é ele que ilumina e aquece todos os outros corpos do sistema polar. Também é uma das estrelas que constituem a galáxia Via Cátlea.

Importância[editar]

Tulpão (estrela amarela no canto esquerdo) e os corpos que giram em torno dele.

Tuplão é sem dúvida o mais importante corpo celeste do Sistema Polar, pois é ele que aquece e ilumina todos os outros corpos. Porém, no universo do contra, os sistemas estelares ganham seu nome em homenagem ao corpo menos importante, no caso o Los, que não tem importância alguma no local. Então se pode ser chamado também de "sistema losar".

Vida[editar]

Não se sabe como, mas o Tuplão tem vida nele, mesmo sendo MUITO quente. Os Tuplãonenses dizem que o fogo não é perigoso, e que é seguro ficar nele. Mas ninguém quer se arriscar.

Colisão[editar]

Cientistas Vunêsianos estimam que daqui à 362 anos, Tuplão irá sair da sua posição e se colidir com a Tarre, causando o Segundo Minturão de Ceteóros.

Rivalidade[editar]

Os Tuplãoneses tem uma pequena rivalidade com os Losenses, disputindo quem é mais Imortal. A guerra durou 9000 anos, e se estende até hoje. Alguns dizem que esta guerra foi o que fez a Tarre virar um planeta sem-vida. Mas outros não acham isso, e pensam que ela nunca teve vida.

Alborghetti diz que admira mais a merda do que este esboço.
Aproveite que ele está procurando o pau dele e edite-o, senão você vai sentar no colo do capeta!