União

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Este artigo trata da União, o Brasil, para outros significados consulte União (desambiguação).


União é o nome jurídico-público oficial do Brasil, tem esse nome porque se trata da união de 26 estados, 1 Distrito Federal e os 3 territórios (Fernando de Noronha, Cisplatina e Bolívia).

A União é isso aí, não passa de um símbolo fictício criado pela governo brasileiro para ludibriar e explorar o povo.

A União é sediada na maior fornecedora de Pizzas do mundo e presidida pelo presidente da República eleito democraticamente por um povo besta e alienado.

Artigo 18 da Constituição Federal[editar]

A União foi criada como é conhecida hoje em 1988, graças ao artigo dezoito da Constituição Federal Brasileira que diz:

A organização político-anarquista da República Futebolítica do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal, os Municípios e os Territórios, todos autônomos entre si, nos termos desta Constituição.

Os parágrafos seguintes são usados de papel higiênicos pelos congressistas e pelos juízes do Supremo Tribunal Federal deste país.

Competências[editar]

A União tem diversas incompetências, entre a principal está a de responsabilizar os problemas do Brasil para os estados e municípios.

Outra importante atribuição da União é a de representar a nação no exterior, por meio da pasta da nanificação exterior e através de seus rebaixa-atores, onde é chacota como se fosse um bobo da corte, aprontando desde sempre grandes presepadas políticas. Como o país é famoso e conhecido internacionalmente por ser um país de malandros e um grande imbecil fazedor de média com todo o globo nas reuniões da ONU, a União nunca é de fato levada a sério, nem pelos estrangeiros que conhecem mais a Amazônia do que qualquer presidente que o império banânico já teve, até mesmo aqueles grileiros que adoram invadir terras "pertencentes" à União (e roubadas de Goiás), afim de criar novas invasões dentro do próprio quintal da União, no Detrito Federal.

Todavia, a competência mais presente da União no dia-a-dia do cidadão comum é transformar as besteiras que faz em precatórios.

Outra grande importância da União é dar um ar etéreo para a culpa do Brasil ser uma merda. Quem fode não é o Estado, não é o governo, não são os políticos, quem fode com o Brasil é a União. Mas quem é a União, é um ente imaginário irresponsável onde é jogado porcamente todas as obrigações do Estado.