Universidade do Extremo Sul Catarinense

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ponte-HLuz.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

A Universidade do Nintendinho Criciumense (UNESc), digo, do Extremo Sul-Catarinense, é uma universidade encardida (de carvão, evidentemente) localizada no município de Criciúma, como deve ter ficado claro pro leitor (ou não), cujos funcionários têm preguiça de lavar as paredes. A Unesc atua através de práticas sexuais, seus reitores se esquecem de mandar botar uma passarela do estacionamento até os blocos e foi a primeira instituição de nível pré-escolar a ser desclassificada pelo MEC depois de tentar comprar a nota enviando uma professora para fazer boquete no representante do MEC, o que é estranho, já que se trata de uma universidade. O atual cafetão da instituição é um sexólogo eleito em 2009 pela comunidade terapêutica da Gretchen na antiga Mesopotâmia em 1864 a.CP, antes de Cauby Peixoto.

Apesar disso, possui um parque de ciência e tecnologia, o Iparque, onde viadinhos juvenis testam vibradores de alta potência acoplados com escorregadores e balanços, que são importados para sex-shops internacionais. Devido à preguiça dos funcionários de limpar o cocô dos pombos e dos viadinhos que não fizeram enema direito e ao ar contaminado com vapores de suor, lágrimas, sangue e porra de viado, fluídos esses que os funcionários também não limpam quando ainda não evaporaram ou acabaram condensando na parede, o parque é um lugar fedido pra caralho, onde o cheiro de fossa é mais forte que o raio do sol e os alunos vão para as aulas com máscaras de gás, mas mesmo assim acabam tendo paradas respiratórias, pois as máscaras são rapidamente corroídas pelos contaminantes do ar.

Outros diferenciais da instituição são o Colégio Unesc, que não vai ter artigo engloba Ensino Fundamental, e o Museu de Prostitutas Mumificadas Moranga Gaydzinski, referência em pesquisa científica na educação bucal e no turismo cultural reconhecida por 2 pessoas no mundo inteiro.

Visão[editar]

Ser reconhecida como uma universidade que deixam os alunos loucos, na formação profissional os alunos são forçados a apresentar o TCC (trabalho do cacete cabeçudo). Que morrem cerca de 100 pessoas enfartadas pelo tamanho do trabalho.

Histórico[editar]

Conheça um pouco dessa fudição, sua criação do saco até o útero.

A Fupros (Fodedora de prostitutas) é a mantenedora da primeira escola de nível putinacional criada no cu de Santa Catarro da inna. A entidade surgiu de uma ideia de um retardado metal conhecido por Deivid Brasil, que saiu da prisão, do hospício e depois do armário e criou uma escola putinacional, com o objetivo de não deixar um virgem em santa catarrina.

A Fupros foi criada pela lei n. 69795475757 , de 22 de junho de 1968 (antes de cristo), com cursos voltados para modelo erótica, testadores de produtos eróticos, engenheiro vibratório, sexologia, tecnologos em fabricação de camisinha, entre outros. A Fucri iniciou suas relações sexuais no Motel Ki Tal . Em 1971 passou a funcionar na Escola Técnica de fazer objetos sexuais, o General Oswaldo Adora Pinto, em 1500, juntamente com Pedro Alves Querpau, mudou para o atual Campus Universitário, localizado no Bairro que tem mais prostituta e traveco que fazem ponto, em Criciúma.

Até setembro/1503 a Fupros mantinha quatro Unidades de Ensino e Práticas Sexuais: O motel Ki tal, A mecânica de vibrador (eletri-e-vibra), o Sex Shop (Surfinista) e o motel Passione. Com o arrecadamento de 2,33 Trilhões, ultrapassando o pib do Brasil .

Em 24/9/1991, o Conselho Estadual de Estupração, pelo parecer 256/91, aprovou o regimento unificado sexo com camisinha. O processo de transformação do latex em camisinha foi enviado pela Unesc e foi encaminhado ao Conselho Federal de Estrupação de volta por que a unesc pensou que era uma bomba atômica plastificada.

Já em 11 de agosto daquele ano, a Universidade recebeu um vibrador de 16 metros de brinde , que equivale à 2 milhões , assinada pelo secretário de sexologia, Alexandre frotta, com a presença da Gretchen, Ocorreu uma transa muito louca e depois foi instalado oficial da Unesc, no Teatro Elias Angeloni Bistek Giassi Manente, com a participação de atores pornos, modelos eróticas e cafetões.

Em 2014, a Unesc foi classificada como a pior universidade do estado do Acre, o que novamente não faz sentido. O quesito que a colocou nessa lamentável posição é o que se refere ao número de artigos publicados, segundo o CPA (Centro de Prostitutas Anônimas): o pouco caso com pesquisa da instituição foi considerado uma putaria.

Projetos para testar os produtos eróticos[editar]

Naturalmente as pessoas que testam são prostitutas que não recebe o bolsa família, os estudantes criam esses produtos, que engloba lubrificantes, detergentes íntimos, cremes para espinhas vaginais, entre outros. Eles testam nas prostitutas, passam esses tipos de produtos nas partes intimas, algumas prostitutas ficam com a vagina inchada, outas vermelha parecendo um ketchup. Enfim elas são as profissionais do futuro e ganham uma bolsa de estudos para trabalhar como modelo na turquia.

Cursos oferecidos[editar]

Graduação[editar]

Bacharelado:

  • Administração
  • Administração (Comércio Exterior)
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Biomedicina
  • Ciências da Computação
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Econômicas
  • Design
  • Direito
  • Enfermagem
  • Engenharia Ambiental e Sanitária
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Agrimensura
  • Engenharia de Materiais
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Química
  • Farmácia
  • Fisioterapia
  • Medicina
  • Nutrição
  • Odontologia
  • Psicologia
  • Secretariado Executivo

Licenciatura:

  • Física
  • Letras (Língua Portuguesa)
  • Letras (Português e Espanhol)
  • Letras (Português e Inglês)
  • Matemática
  • Pedagogia
  • Sociologia
  • Tecnológicos
  • Tecnologia em Alimentos
  • Tecnologia em Cerâmica
  • Tecnologia em Cerâmica e Vidro
  • Tecnologia em Design de Moda
  • Tecnologia em Gestão Comercial
  • Tecnologia em Gestão Financeira
  • Tecnologia em Gestão Hospitalar - EAD
  • Tecnologia em Gestão Pública - EAD
  • Tecnologia em Gestão de Marketing
  • Tecnologia em Gestão da Qualidade - EAD
  • Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos
  • Tecnologia em Jogos Digitais
  • Tecnologia em Negócios Imobiliários - EAD
  • Tecnologia em Processos Gerenciais
  • Tecnologia em Segurança no Trânsito

Ambos:

  • Artes Visuais
  • Ciências Biológicas
  • Educação Física
  • Geografia
  • História

Especialização e MBA[editar]

  • Análises Clínicas
  • Desenvolvimento de Jogos Digitais
  • Direito do Trabalho e Direito Previdenciário
  • Enfermagem em Estomaterapia
  • Farmacologia
  • Farmacologia Semanal
  • Implantodontia
  • MBA em Comércio Exterior e Negócios Internacionais
  • MBA em Gestão Agropecuária e Agroindustrial
  • MBA em Gestão do Desenvolvimento Humano e Organizacional
  • MBA em Gestão de Projetos
  • Ortodontia
  • Planejamento e Organização de Eventos
  • Psicopedagogia Clínica e Institucional
  • Saúde Mental
  • Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) e Aplicabilidade nas Psicopatologias

Mestrado[editar]

  • Ciências Ambientais
  • Ciências da Saúde
  • Ciência e Engenharia de Materiais
  • Desenvolvimento Socioeconômico
  • Educação

Doutorado[editar]

  • Ciências Ambientais
  • Ciências da Saúde

Comunidade interna[editar]

São 12.397 alunos que fazem parte da comunidade estudantil da Unesc, divididos em:

A Unesc conta com um corpo docente qualificado de 678 professores nos ensinos fundamental, médio e superior, sendo eles:

A universidade também conta com o trabalho de 565 funcionários no campus de Criciúma.

Processos de seleção[editar]

O ingresso na Unesc pode acontecer de várias formas diferentes, por solicitação de vaga ou processo seletivo. Confira:

  • O famoso diplomata Diplomado é uma forma de ingresso especial para quem já possui curso superior (completo, seu merda) e não tem saco pra fazer vestibular, entrevista e o caralho a quatro.
  • O Disciplinas isoladas também é pra quem já é formado, mas quem concluiu o Ensino Médio pode cursar qualquer disciplina da grade curricular sem nenhum problema, exceto a ansiedade da pirralhada caloura ao estudar com pessoas dotadas de rugas, barba, filhos, alianças no dedo esquerdo, emprego, casa própria e outras coisas que o Toddynho não pode pagar.
  • O bom desempenho no ENEM pode garantir o livre acesso à Unesc, então preparar-se para os típicos textos chatos e chamar o PSDB de bobo, chato, feio e cara de mamão em mais de 7 linhas sem ferir os direitos humanos também é uma opção.
  • O Bolsa Licenciatura é um auxílio próprio da Unesc que quita o valor integral do curso de graduação até o final do curso. Por que a galera da licenciatura é beneficiada nunca vou saber...
  • O Programa Minha Chance é bolsa de estudos oferecida pela Armando Vermani Prefeitura Municipal de Criciúma em parceria com a Unesc. Foi originalmente desenvolvida por Saruman.
  • O ProUni foi aceito pela Unesc para receber estudantes sem dinheiro contemplados com bolsas de estudos do programa. Eu tinha uma piada aqui, mas a galera do Bolsa Licenciatura afanou e fumou metade num narguile.
  • O Sistema de Ingresso por Mérito Escolar, ou SIM está quente, é um ingresso na Unesc por meio de um bom histórico escolar. É um sistema muito zoado, primeiramente porque aluno fodido não entra e é mais fácil se dar bem no ensino fundamental/médio que no superior, o que dá uma sensação de falsa esperança.
  • O Processo Seletivo de Estrangeiros acolhe terroristas estudantes de outros países que fizeram merda desejam fuder travesti cursar graduação e pós-graduação no Brasil. Sim, isso existe.
  • A Transferência é o primeiro e único método de gênero feminino desta lista, que consiste em abrir as portas para estudantes de outras instituições que desejem continuar seus estudos na Unesc, ou seja, fez merda na Univali e fugiu das autoridades.
  • O Vestibular é o método oficial e consiste num exame seletivo organizado pela Acafe que como qualquer zé ruela deve saber, dá acesso aos cursos da universidade.

Bolsas de estudos[editar]

De acordo com números do primeiro semestre de 2010 e o jornal Profeta Diário, quase 50% dos estudantes da Unesc são beneficiados pelo programa de bolsas de estudo da universidade. Conheça abaixo as principais opções oferecidas:

  • Artigo 170: programa de concessão de bolsas de estudo do Governo do Estado para alunos pobres.
  • Bolsa da Prefeitura Municipal de Criciúma: volta no item do Programa Minha Chance pra ler, seu folgado!
  • DCE/CA: bolsa oferecida todo semestre aos alunos que enchem linguiça no Diretório Central dos Estudantes (DCE) e/ou no Centro Acadêmico (CA).
  • Estágio Interno: bolsa destinada a alunos da Unesc que fazem estágio em algum setor da Universidade, ou seja, pros puxa-sacos da universidade que arrumam emprego de limpador de vidraria, aparador de pelinhos de fantasia de cosplay, entregador de café ou fornecedor de maconha.
  • Pesquisa ou Extensão: bolsas repassadas a estudantes escravizados por professores em seus projetos medíocres de pesquisa e/ou extensão.
  • FIES: vocês sabem, tem uma galera pobre no cu do mundo querendo estudar, então o MEC vai lá e buiatchaka.
  • Licenciatura: bolsa própria da Unesc que dá descontos de 50% e 100% para os alunos ladrões de piadas e fumantes de narguile cursos vespertinos de Geografia, História, Letras e Matemática.
  • SIM: a galerinha da meritocracia recebe descontos de 8% e de 50%, muito meritocrático...
  • Crédito PraValer Universitário: o aluno paga 50% da mensalidade no dobro do tempo de duração do curso. Eu também não entendi...
  • ProUni: Dispensa comentários.