Usina Nuclear de Springfield

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
CUIDADO!!! CONTEÚDO EXPLOSIVO!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Bombaatomica.gif


Cquote1.png É daqui onde eu sou escravo trabalho com um ótimo salário. Cquote2.png
Homer Simpson sobre seu trabalho na Usina Nuclear de Springfield
Cquote1.png Humm, vamos ver, o seu primeiro grau vem com péssimas notas, nem fez nem sequer o segundo ano do segundo grau, meio que analfabeto, não sabes mexer com pedras radioativas... Bem, estás contratado! Cquote2.png
Sr. Burns contratando mais um para trabalhar na Usina Nuclear de Springfield

A Usina Nuclear de Springfield é mais um dos lugares bizarros existentes na série Os Simpsons.

Sobre essa usina[editar]

A Usina Nuclear.

A Usina Nuclear de Springfield pertence ao ambicioso Charles Montgomery Burns, esse velho rancoroso e ganancioso. Homer, Lenny, Carl, Mindy Simmons e Smithers trabalham como escravos por lá. Homer é o inspetor de segurança do setor 7G, o que geralmente produz os mais variados desastres envolvendo energia nuclear, mas o Homer geralmente não faz absolutamente nada por que ele sempre tenta ser demitido, ou não, já que ele também é o empregado mais barato que o Sr. Burns paga. A usina normalmente se livra do lixo radioativo despejando-o de forma ilícita em áreas de preservação ambiental ao redor da cidade, o que explicaria a vinda de certos mutantes naquela cidade que surgem de uma temporada a outra. Nas mais novas temporadas foi revelado que Burns para se livrar de eventuais contratempos colocou o nome da empresa na responsabilidade de um canário que ele deixa em seu escritório, cuja não apareceu mais algumas temporadas depois. Será que esse canário morreu na radiação, ou o Homer Simpsons comeu ele no seu surto na falta de rosquinhas?

Veja também[editar]