Watanabe no Tsuna

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Tsuna tentando matar um gato preto japonês, afresco de Salvador Dalí.

Watanabe no Tsuna (渡辺綱) (953-1025) era mais um samurai japonês oriental do Japão, fã de Raikou, um dos primeiros samurais japoneses do Japão que se tem notícia.

Na lenda[editar]

Watanabe participa de muitas das aventuras lendárias de Yorimitsu (Raikou), e o ajuda em várias batalhas contra bruxas, zumbis, dragões, esqueletos, demônios e outros seres de RPGs.

Em uma das quests histórias, ele acompanha Raikou para a cabana de Bengalelê Motumbo, um comedor de homens, mulheres, cabritas e qualquer coisa com buraco. Eles acham então um moleque chamado Goku, no meio do matagal, chorando, e que, de acordo com o scouter, sua força era de mais de 8000. Então, o adotam e lhe chamam de Sakata no Kintoki, cujo apelido carinhoso era Goku mesmo.

Outros dos companheiros de Watanabe eram Oolong e Jaspion. Os quatro juntos eram conhecidos como os Quatro Reis Guardiões, mesmo que eles não tinham nada para cuidar.

Dizem também que ele ajudou Raikou enquanto ele matava Godzilla, enquanto ele era ainda um demônio-aranha subterrâneo gigante. Seu mais famoso feito foi provavelmente a morte da esposa dele, que era igualmente feia. Ele lutou só com seus punhos contra Skullgreymon na Avenida Principal de Kyoto quando ele tinha 27 anos.

Na luta contra a esposa de Godzilla, conta-se que ele cortou primeiro os braços dela, e quando ela fugiu (fuga inútil, já que ela morreu de hemorragia posteriormente), ele fez um chaveiro do braço dela, para mostrar a seus amiguinhos. Antes de morrer ela voltou para pedir seu braço, mas ele ficou apenas rindo da cara dela.

Tsuna e Ibaraki[editar]

Watanabe no Tsuna e os Quatro Reis Guardiões contra Ibaraki, o Mafagafo.

Esta história é baseada na lenda de Tsuna e Ibaraki (nome japonês para mafagafo).

De acordo com a lenda, no final do século X, Ibaraki, um notório mafagafo, morava nos esgotos de Kyoto. Um dia, quando ele se cansou de ficar lá embaixo, resolveu atacar a cidade na superfície, destruindo tudo que via pela frente, até que chegou um sujeito heróico com seus amigos, e este sujeito era Tsuna. Quando ele chegou perto de Ibaraki, o mesmo executou um ataque feroz, começando a batalha que duraria por semanas, até o momento em que Tsuna tirou sua katana amarela, e capou o precioso do bicho, o qual fugiu e que nunca mais se tem notícia. Então, ele pegou o precioso de Ibaraki, levou para casa, e fez um churrasco dele.

Dias depois, sua tia velha veio o visitar, pedindo um pedaço do churrasco. Tsuna foi à geladeira, e quando foi entregar mais da metade do negócio que sobrou (era enooooorme), a tia na verdade se revelou ser Ibaraki em disfarce, que roubou o pedaço e fugiu. Bom, pelo menos, ele nunca mais voltou para encher o saco. Ainda.

Na cultura popular[editar]

  • Um monte de animes desconhecidos, os quais não são necessariamente pertencentes à cultura popular.
  • Um chafariz em Tóquio;
  • Um poema dedicado à ele, disponível pelo iTunes.